Entendendo um pouco sobre a Síndrome de Asperger

banner-paginas-posts


Entendendo um pouco sobre a Síndrome de Asperger

O que é a Síndrome de Asperger?

  A síndrome de Asperger (AS) é um transtorno neurobiológico que faz parte de um grupo de condições conhecidas como Transtorno do espectro do autismo (TEA), que  refere-se a uma série de deficiências de desenvolvimento, que inclui o autismo , assim como outras condições com características semelhantes, dessa forma, são conhecidos como transtornos do espectro do autismo, porque os sintomas de cada um podem aparecer em diferentes combinações e em diferentes graus, ou seja, duas ou mais crianças com um mesmo diagnóstico embora  possam ter alguns padrões de comportamento semelhantes, podem apresentar uma ampla gama de habilidades e capacidades diferentes.

  Assim o Asperger  portanto,  é um tipo mais brando de autismo. Os portadores da Síndrome de Asperger não apresentam comprometimento intelectual, o que acontece com aqueles que têm o autismo clássico.

Sintomas:

– Atraso na fala, mas com desenvolvimento fluente da linguagem verbal antes do 5 anos e geralmente com: Ecolalia ou repetições de palavras ou frases ouvidas de outros, voz pouco emotiva e sem entonação.

– Interesses restritos: escolhem um assunto de interesse, que podem ser seu único assunto de interesse por muito tempo. Costumam apegar a questões mais fatuais do que seu significado

– Presença de habilidades incomuns como cálculos de calendário, memorização de grandes sequências como mapas de cidades, cálculos matemáticos complexos, entre outros.

– Interpretação literal; dificuldade de interpretação de metáforas, ironias, frases de duplo sentido.

– Dificuldade no uso do olhar, expressões faciais, gestos, movimentos corporais como comunicação não verbal.

– Pensando concreto

– Dificuldade para entender e expressar emoções.

– Dificuldade na auto-censura, costumam falar tudo o que pensam.

– Apego a rotina e rituais.

– Podem apresentar atrasos no desenvolvimento motor e dificuldade na coordenação tanto grossa como fina.

– Hipersensibilidade sensorial.

Intervenções e tratamentos

  O tratamento é realizado com auxílio de programas individuais em função da evolução de cada criança, os seguintes aspectos podem ser fundamentais como alvos preferenciais de tratamento em um programa de intervenção precoce com indivíduos com Síndrome de Asperger.

Devemos procurar desenvolver o quanto antes:

– A autonomia e independência;

– A comunicação não verbal;

– Os aspectos sociais como imitação, aprender a esperar a vez em jogos de equipe por exemplo;

– Flexibilização das tendências repetitivas;

– As habilidades cognitivas e acadêmicas

Ao mesmo tempo é importante:

 – Trabalhar na redução de problemas de comportamento;

– Utilizar medicamentos se necessário;

– Que a família receba orientação e informação

– Que os professores recebam assessoria e apoio necessário.

 

O aluno com Asperger

Na grande maioria das vezes, o aluno frequenta uma escola regular, necessitando em alguns casos de auxílio de um Acompanhante Terapêutico (AT), principalmente nas atividades em que que demandam maior interação social.

 

JÉSSICA CALDEIRA ESTRELA – CRP: 06/118881

Psicóloga Cognitivo Comportamental

Metodologia ABA

*O material deste site é informativo, não substitui a terapia ou psicoterapia oferecida por um psicólogo

sindrome-de-asperger sindrome-de-asperger2 sindrome-de-asperger3 sindrome-de-asperger4 sindrome-de-asperger5


Rua do Grito 133, Ipiranga – Próx. ao metro Sacomã

contato@equilybra.com.brequilybrapsicologia@hotmail.com

CRP/PJ: 4997-J

icone-face icone-instagram icone-youtube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.