CASAL DORIANA NÃO EXISTE !

banner-paginas-posts


Quero iniciar desmistificando essa crença que tudo tem que ser perfeito.Aquele casal que acorda cedo todos os dias sempre com sorriso estampado, ambos bonitos e cheirosos, de bom humor, sem preocupações….felizes todos os dias para o resto de suas vidas! Crises sempre vão existir nos relacionamentos! Porque tudo que é vivo é cíclico, portanto passa por mudanças e transformações. A única certeza é que haverá problemas e o casal vai passar por períodos difíceis. Toda vez que algo novo surge e não conseguimos acompanhar, sentimos insegurança, incômodos, ansiedade, medos, espectativas e a crise se estabelece.
O problema então não está na crise, mas em como o casal enfrenta essas crises.
 Algumas considerações:
 
-Não aceitamos o ¨pacote completo¨que o outro trás para a relação. Seus valores, sua história de vida, seu jeito de ser e resolver situações, etc, que são diferentes do meu modo de perceber,sentir,ser e estar no mundo. Queremos ficar apenas com as qualidades, os benefícios que vivenciamos no início do relacionamento.Isso porque todo início de uma relação é um enamorar-se, apaixonar-se . Na fase da paixão, desejamos tanto que o outro nos complete que só conseguimos ver suas qualidades ou pior, projetamos no outro um ideal que não existe. Então quando a paixão cai por terra ( pá i chão !) , surge um sentimento de traição, porque eu vi uma coisa e ele depois se apresentou como outra. O engano é nosso !! Exemplificando: o ¨indivíduo¨ sempre roncou,mas o ronco passa a ser notado e ser insuportável quando começamos a enxergar o outro como ele é e não como gostaríamos que fosse.
-As famosas DRs estão mais voltadas em cada um ter razão do que na busca de uma solução que seja satisfatória para o casal, alimentando assim cada vez mais animosidade e competição dentro da relação.Muitas vezes uma solução saudável para o casal pode não satisfazer 100% o desejo de cada indivíduo e o ceder vira sinônimo de ser fraco e submisso.
 
– Nossa sociedade está cada vez mais preenchida por narcisistas onde o ¨EU¨impera ( meu sucesso financeiro,minhas conquistas,meus problemas).O ¨NÒS¨ fica num plano secundário.
 
– Vivemos em uma época em que é preciso ser feliz a todo custo, mas ninguém quer se esforçar para isso. Se a pessoa não corresponde ao que queremos, simplesmente caímos fora. Temos urgência em resolver e vivemos numa geração do descartável. Não deu certo: Troca! O casamento se tornou uma escolha pessoal de felicidade. Um mero direito. Um contrato que obriga ambas as partes a satisfazer o outro sob pena de troca. Parece até que separar é fácil. Separações são verdadeiras mutilações afetivas/emocionais, das piores pela qual uma pessoa pode passar. Ela carrega consigo uma carga de baixa-estima, de rejeição, um profundo pesar e sensação de fracasso, além de outros efeitos depressivos.
 
– No casamento, são feitos ¨contratos silenciosos¨onde não há mais a necessidade da conquista, do valorizar, dos elogios, da ternura…Cai-se numa rotina que é mortal para a relação.
 
É preciso que haja mais apego, dedicação e, principalmente, realidade nos relacionamentos. Parar de despejar todas as expectativas , achando que o casamento irá resolver todos os seus problemas e carências.
 
 
Na terapia de casal, o psicólogo trata da ¨doença¨da relação. Busca resgatar uma comunicação mais saudável, o entendimento que podemos coexistir apesar das diferenças individuais e que isso é extremamente positivo, pois nas diferenças e adversidades que obtemos crescimento, cumplicidade, compartilhamento, é percebendo que o outro é diferente que me encanto com ele. Relacionamento é um constante investimento que requer paciência e transformação. Felicidade e relação se constroem.
Para finalizar uma frase que acredito ser muito verdadeira:
O amor não é a solução para seus problemas. Ele é a recompensa de você ter resolvido seus problemas, ele é o premio de quem decide ser feliz mesmo que para isso seja preciso abrir mão de ter razão.
 
Por : Rita Pinella
Psicóloga Clínica
Crp: 06/29395
 
*O material deste site é informativo, não substitui a terapia ou psicoterapia oferecida por um psicólogo.
equilybra_psicologia_casal_doriana equilybra_psicologia_casal_nos_bastidores equilybra_psicologia_casal_perfeito


 

Rua do Grito 133, Ipiranga – Próx. ao metro Sacomã

contato@equilybra.com.brequilybrapsicologia@hotmail.com

CRP/PJ: 4997-J

icone-face icone-instagram icone-youtube

 

One thought on “CASAL DORIANA NÃO EXISTE !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.