PSICOTERAPIA MELHOR IDADE

Rua do Grito 133, Ipiranga – Próx. ao metro Sacomã


ENTENDENDO O IDOSO

Todo momento pode ser considerado bom e importante para pensarmos no bem-estar nosso e de quem está a nossa volta, seja qual for a época de nossas vidas – infância, adolescência, fase adulta ou velhice.

Mas a terceira idade é uma fase da vida que devemos olhar com bastante atenção, pois geralmente está marcada por mudanças fisiológicas, emocionais e sociais.

A terceira idade é caracterizada por muitas perdas e o idoso passa a não ter mais a vida que possuía, então se sente sozinho, triste ou rejeitado.

A depressão é a principal doença mental da terceira idade. Alguns estudos revelam que a causa ligada ao suicídio em idosos é a depressão. Então é muito importante que se note e preste atenção nos idosos ao seu redor e lhes ofereça ajuda!

O idoso por ter vivido uma longa história de vida, tem dificuldades em mudar seu modo de pensar e agir. Seus pensamentos e ações ficam cristalizados, pois vivem da mesma forma há muitos anos e assim, qualquer mudança de pensamento é muito difícil.

Vale dizer também que se a pessoa não teve uma boa vida, se não se realizou ao longo do tempo, é na terceira idade que fará seus questionamentos.

Problemas emocionais mal resolvidos durante sua vida também se agravam conforme a idade avança.

Outra questão é a forma como a família o trata: isolamento, segregação, desinteresse, maus tratos, infelizmente são comuns a muitas famílias.

 

Situações pertinentes a terceira idade que merecem cuidados:

– Limitações físicas e orgânicas.

– Perdas / viuvez / luto de pessoas próximas.

– Medo do envelhecimento e da morte.

– Aposentadoria e inatividade profissional.

– Condição de dependência financeira ou física.

– Perdas cognitivas.

– Dificuldades de relacionamento.

– Isolamento social e falta de atividades que preencham o tempo.

– Segregação familiar.

– Agressividade, tristeza em excesso.

– Dificuldades em planejar e realizar novos projetos.

– Enfermidades.

– Não aceitação de sua condição atual.

 – Crise existencial entre outros.

 

Se esses fatores não são trabalhados da maneira adequada, além de emoções negativas, o idoso poderá desenvolver quadros como:

– Conflitos e crise de identidade.

 – Depressão.

– Agressividade excessiva.

– Baixa autoestima.

– Transtornos de ansiedade.

– Pânico.

´- Fobias.

– Vícios.

– Pensamentos suicidas.

– Falta de sentido na vida entre outros problemas emocionais e psicológicos.

 

A PSICOTERAPIA A FAVOR DO IDOSO

Para que o indivíduo se abra às novas possibilidades, é fundamental que ele entenda as perdas e ganhos reagindo positivamente às mudanças ocorridas durante o processo de envelhecimento.

 Por essas razões que a psicologia do idoso tem uma atenção especial para essa fase da vida.

A terapia tem como objetivo principal o acolhimento, respeito e compreensão, favorecendo a aceitação e entendimento do paciente do seu estado atual de vida, indo além, auxiliar o idoso na descoberta de novas formas de sentir e viver esse momento. 

O espaço psicoterápico propicia um ambiente onde o paciente poderá dividir suas angústias, seus medos, alegrias, frustrações, suas conquistas ao longo da vida, relembrar momentos felizes e tristes, podendo dessa forma ampliar suas possibilidades e recursos para lidar com sua condição atual.

O psicólogo da terceira idade está preparado para orientar o indivíduo neste processo de descoberta e de adaptação, ajudando-o a enfrentar de maneira satisfatória os desafios relacionados à velhice.

 

O apoio da família é fundamental para que o idoso se sinta acolhido e para que se preserve o sentimento de pertencimento.

Esse suporte certamente motivará o idoso a manter boas expectativas e a reagir de forma positiva no seu processo de envelhecimento onde muitas vezes inclui doenças crônico-degenerativas. Nesses casos, além de prestar atendimento ao idoso, o psicólogo oferece orientação familiar.

 

Alguns benefícios da psicoterapia para o idoso e seus familiares:

– Promover o autoconhecimento e aceitação de sua condição atual.

– Auxiliar na superação de perdas sociais (condição financeira, inatividade profissional, isolamento social…), de lutos, viuvez.

– Ajudar a entrar em contato com questões emocionais e psíquicas, minimizando seu sofrimento.

– Favorecer a aceitação das limitações físicas e funcionais que começam a surgir.

– Auxiliar o idoso a entender melhor sobre sua condição de saúde, o uso de medicamentos e tratamentos médicos.

– Proporcionar estimulação cognitiva (memória, atenção, acuidade mental) estabelecendo novas conexões cerebrais.

– Buscar alternativas de atividades que mantenham o idoso com corpo e mente ativos.

– Facilitar na descoberta de novas maneiras se ver e se posicionar no mundo.

– Promover um envelhecimento saudável, com mais alegria, otimismo e bem-estar.

– Orientar familiares e cuidadores.

 

¨PASSAMOS POR MUITAS COISAS NA VIDA E A TERAPIA É A OPORTUNIDADE DE TRANSFORMAR ESSAS EXPERIÊNCIAS EM SALDO POSITIVO.

 

equilybra_psicologia_psicoterapia_melhor_idade equilybra_psicologia_psicoterapia_melhor_idade2  


Rua do Grito 133, Ipiranga – Próx. ao metro Sacomã

contato@equilybra.com.brequilybrapsicologia@hotmail.com

CRP: 4997-J

icone-face icone-instagram icone-youtube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *